Monitoramento sem fio da temperatura de equipamento em área explosiva (Tripper em Armazéns de grãos)

Entendendo o funcionamento de um armazém de grãos

Armazéns de grãos são locais onde não se deve menosprezar a segurança, estão sujeitos a explosões devido ao pó em suspensão no ar gerado pelos produtos armazenados. Dado este fato é imprescindível o monitoramento de temperatura dos equipamentos que atuam dentro do armazém para evitar possíveis faíscas que podem gerar explosões ou incêndios.

Para abastecer um armazém há um sistema de esteira transportadora instalado na parte superior da edificação que corre todo armazém. Então os grãos são levados pela esteira e um equipamento chamado “Tripper” é responsável por distribuir os grãos ao longo do armazém de maneira uniforme.

A esteira transportadora pode sofrer desbalanceamento e para monitorar esta situação são usados sensores de contato contra as bordas da correia, caso aconteça o desalinhamento para um lado, haverá um contato físico com o sensor e consequentemente aumentando a temperatura de leitura. Uma correia desalinhada gera um intenso atrito com as paredes internas do tripper o que pode causar faíscas gerando risco de explosão, portanto, a leitura em tempo real da temperatura é essencial para poder parar o equipamento quando atingir um nível crítico.

Outro sensor importante é o sensor de rolamento que são responsáveis por monitorar a movimentação do tripper. É comum ao longo do tempo haver falhas em rolamentos, seja por falta de lubrificação, excesso de carga ou fim da vida útil, essas falhas geralmente são acompanhadas por um aumento da temperatura do rolamento.

Os sensores que monitoram a temperatura tanto do desbalanceamento quando dos rolamentos são denominados de RTD (Resistance Temperature Detector ou Termoresistência), os mais usados do tipo PT-100 (Termoresistência de Platina).

Problema

O grande problema está nos cabos dos sensores PT-100, pois o Tripper trafega sobre a esteira transportadora e esses cabos dos sensores necessitam chegar até um painel, geralmente localizado no início do armazém. O desafio é ter um sistema de cabos que sejam flexíveis e resistentes para não se romper facilmente. É muito comum a utilização de sistemas do tipo “festoon”, no entanto, não são todos os armazéns que são capazes de usar, pois podem ser pesados demais para a estrutura do armazém suportar, além de ser um sistema caro de ser implantado.
A quebra de cabos dos sensores PT-100, seja por rompimento natural por desgaste ou até mesmo roedores, acarreta em um longo tempo de manutenção, pois é necessário parar todo o processo de descarga de grãos, e seguir procedimento de segurança envolvendo equipamentos especiais pois o trabalho é feito em altura, sendo de difícil acesso e no ambiente com risco de explosão.

Solução

A nossa solução é um sistema totalmente sem fio. A comunicação é feita por Wireless Industrial, onde os PT-100 instalados no tripper são ligados a um rádio alimentado por bateria, que transmite as informações em tempo real a outro rádio instalado no painel de controle. Com isso não é preciso mais se preocupar em lançar os cabos do tripper até o painel para o monitoramento, evitando custos de infraestrutura, manutenções dispendiosas.

Destaques

  • Uma solução que pode ser implementada em outras aplicações que necessitem transmissão de informações.
  • Wireless industrial confiável com tecnologia de comunicação proprietária criptografada
  • Classe de proteção IP67
  • Baixo custo em comparação a um sistema festoon ou porta cabos
  • Certificado para trabalho em área classificada (Zona 21) fornecido dentro de painel homologado pelo Inmetro
  • Sistema alimentado por bateria
  • Longo alcance de comunicação
  • Protocolo de comunicação Ethernet IP, Modbus RTU, Modbus TCP. Envie as informações diretamente para o seu sistema supervisório
  • Software de programação gratuito e intuitivo
  • Instalação rápida e manutenção simples (menos paradas e menor tempo de parado)

são e segurança.

 

Sua necessidade avaliada por especialistas

Preencha os campos do formulário e aguarde, um especialista Sensor vai analisar o seu pedido e retornar com a melhor solução.

Captcha obrigatório
Obrigado por entrar em contato! A equipe da Sensor vai analisar o seu caso e retornará o contato com a solução ideal para a sua empresa.